Fazenda Santa Eufrasia | PROMOÇÃO

Galeria de fotos

O Tour consiste em visitar o jardim e a sede da fazenda onde é contada, pela proprietária em trajes de sinhá, a história e nformações sobre o mobiliário existente e objetos. Ao termíno é oferecido como cortesia um delicioso café, biscoitos, bolos e doces junto à lareira.

A visitação guiada é recepcionada pela simpática Beth, vestida a caráter, que segue explicando todos os detalhes e riquezas dos costumes e objetos que marcaram uma época nobre. E culmina com um surpreendente lanche disposto em uma elegante mesa repleta de deliciosas iguarias que ela mesma tem o prazer de descrever as receitas, como bolos irresistíveis, biscoitos, chás e o saboroso café colhido no local.
A fazenda também proporciona um programa perfeito para famílias: um piquenique. A refeição ao ar livre trazer cesta

A Fazenda Santa Eufrásia é a única fazenda particular tombada pelo IPHAN no Vale do Café, é uma das construções históricas mais importantes da área. Seu acervo é composto por mobiliário e utensílios do século XIX autênticos. A casa sede da Fazenda Santa Eufrásia é circundada por um gramado e por vegetação exuberante, com árvores centenárias e um açude, que compunha antigos terreiros de café.
Sua construção começou em 1830, pelo Comendador Ezequiel de Araújo Padilha e seu irmão Pedro Petras Padilha. A fazenda foi originalmente produtora de café. Quando em 1905 Coronel Horácio Lemos e D. Chiquinha compraram a Fazenda Santa Eufrásia, o Coronel queimou o cafezal da fazenda e implantou uma fazenda com gado bovino e exportava carne para a Europa. Hoje, a fazenda tem novamente um cafezal em produção, e uma pequena loja de antiguidades.
Seu fundador, o Comendador Ezequiel de Araújo Padilha, foi responsável pelo plantio de 192 mil pés de café. Extravagante, Ezequiel adorava música e realizou grandes festas e saraus, além de importar gôndolas de Veneza, para românticos passeios no açude.
O bisavô de D. Beth, atual proprietária da fazenda, fez a compra em 1905 e acabou queimando o café e optando pela criação de gado. Posteriormente Beth recuperou a tradição, replantando 9 mil pés de café, que colhe anualmente.
A fazenda é muito aprazível e a proprietária garante que já foi visitada por personalidades históricas como o Conde d’Eu e a Princesa Isabel, cujo cardápio de jantar está exposto na sala, elegantemente provida com mobiliário original de época.

(24) 9228-5694 / (24)98138-2665 / (24) 2471-7462
Todas

Hospedagens em destaque